título

Município de Maputo vai remover barracas que vendem álcool perto das escolas

A Polícia Municipal de Maputo anunciou a remoção coerciva de postos de venda de bebidas alcoólicas localizados perto das escolas, visando combater o consumo de bebidas alcoólicas pelos alunos.

Falando à emissora pública Rádio Moçambique, o porta-voz da Polícia Municipal de Maputo, Joshua Lai, afirmou que a corporação espera que os proprietários das tascas, vulgarmente conhecidas por "barracas" em Maputo, devem retirar-se voluntariamente das imediações das escolas, sob o risco de remoção coerciva por parte das autoridades.

 

"Caso não se queiram retirar voluntariamente, então devem parar de vender bebidas alcoólicas e dedicarem-se à comercialização de outro tipo de produtos", afirmou Joshua Lai.

 

Os pais e encarregados de educação têm apontado a venda de bebidas alcoólicas perto das escolas como uma das razões do fomento do consumo de álcool pelos alunos e da intensificação da violência escolar.

 

09 Janeiro 2018
Lusa

Partilhe: Facebook Twitter
>